10 Alimentos Ricos em Carboidratos: Como Evitá-los em Excesso para Emagrecer

10-alimentos-ricos-em-carboidratos-como-evita-los-em-excesso-para-emagrecer

O consumo excessivo de carboidratos, especialmente os refinados, como açúcar ou xarope de milho, pode levar à obesidade, diabetes tipo II e câncer.

Os carboidratos são encontrados em praticamente todos os seres vivos e desempenham um papel crucial para o bom funcionamento do sistema imunológico, a coagulação do sangue, a fertilização e no desenvolvimento humano.

É tão essencial que uma deficiência de carboidratos pode levar ao comprometimento do funcionamento de todos esses sistemas.

Vamos falar sobre os carboidratos. Se você ainda tem muitas dúvidas ainda sobre o consumo dos alimentos ricos em carboidratos, continue lendo. 

O que são os carboidratos?

São moléculas orgânicas formadas por carbono, hidrogênio e oxigênio.

Podem ser chamados de glicídios, açúcares, e são as principais fontes de energia para o nosso corpo. 

Os carboidratos são muito fáceis de encontrar em quase tudo que a gente consome.

Função dos Carboidratos

A principal função dos carboidratos é a de fornecer energia para as células do nosso corpo. 

Assim como um carro precisa de combustível para andar, nós também precisamos de energia, para todo o nosso organismo funcionar.

Apesar das proteínas também serem usadas como fonte de energia, os carboidratos são diferentes das proteínas.

As proteínas possuem uma digestão mais lenta, já os alimentos ricos em carboidratos são absorvidos pelo nosso organismo muito mais rápido, o que faz a energia ser liberada após a ingestão.

Cada grama de carboidrato libera para o nosso corpo 4 calorias, para serem gastas com atividades do dia a dia, e para o funcionamento do nosso organismo.

Um ser humano adulto precisa de cerca de 1200 calorias por dia para se manter vivo. Pois o simples fato do corpo manter a nossa temperatura, já gasta energia, o funcionamento do cérebro, a digestão, entre outras atividades do nosso corpo.

Um exemplo disso é que muitas vezes quando o nível de glicose (carboidrato simples) cai, começamos a sentir tontura, dor de cabeça, dificuldade de assimilar coisas simples, pois existe uma baixa de energia no nosso cérebro.

O nosso cérebro está sempre ativo, mesmo quando estamos dormindo.

O nosso cérebro é composto por muitas células nervosas que precisam sempre de energia para funcionar, não importa se você está caminhando, estudando, comendo, dormindo, o nosso cérebro sempre precisa de energia.

Além disso, eles também servem como proteção dos músculos. Por quê?

Porque eles impedem que os músculos do nosso corpo sejam queimados para gerar energia.

Isso acontece, pois na falta de glicose como fonte principal de energia, o corpo pode queimar os músculos do nosso corpo (catabolismo muscular) para obter a energia que precisa.

Agora que conhecemos um pouco das funções dos carboidratos, vamos conhecer os alimentos ricos em carboidratos.

Alimentos ricos em carboidratos

É muito importante saber os alimentos que contém carboidratos para poder evitá-los em excesso, seja por questão de emagrecimento, ou por questão de saúde, como a diabetes por exemplo.

Aqui vai uma lista com 10 alimentos ricos em carboidratos, anota aí:

1. Arroz Branco

O arroz não é novidade para ninguém. É umas das principais fontes de carboidratos, e cada 100 g de arroz possui 130 calorias.

Prefira trocar pelo arroz integral que possui para cada 100 g, 111 calorias além de fibras, que dão mais sensação de saciedade, mas não abuse.

2. Pão Francês

Uma delícia, quentinho, o pão francês faz parte da vida de todo brasileiro, mas como muitos dizem, é uma fábrica de barriga. Uma unidade possui cerca de 137 calorias. É difícil resistir, mas tente substituir pelo pão integral, que cada fatia possui cerca de 68 calorias.

3. Macarrão

Uma massa que quando bem preparada é um excelente prato para qualquer dia, mas que está entre os alimentos ricos em carboidratos. Cada 100 g, possui 101 calorias.

Pode ser substituído pelo macarrão integral, porém como ele é mais caro o recomendado é diminuir ou não o comer.

4. Batata

Um legume versátil, ótimo acompanhamento para qualquer prato, a batata também é um alimento rico em carboidrato apesar de possuir menos que o arroz, o pão e o macarrão.

Cada 100 g possui 77 calorias. Substitua pela batata doce que possui 86 calorias. Como assim?

Explico: A batata doce é uma queridinha para quem deseja emagrecer, isso por que ela é ótima fonte de caloria com baixo índice glicêmico. Ela vai liberando energia gradativamente, aos poucos, o que aumenta a sensação de saciedade.

5. Açúcar Refinado

Lógico que esse não pode faltar nessa lista. 1 colher de sopa, contém 95,5 calorias. Muitos substituem ele pelo açúcar cristal, mas o ideal mesmo é moderar bem no açúcar. Para sucos, prefira adoçante.

6. Bolo

Uma delícia, os bolos realmente são uma tentação. Mas precisamos evitar, já que geralmente são ricos em açúcar e farinha de trigo refinada.

Para ter noção, um pedaço de bolo simples de aproximadamente 50 g, possui 132 calorias. 

Melhor evitar, e quando for comer, opte por bolo feito com farinha integral e adoçante culinário.

7. Leite Integral

Normalmente o mais presente no café da manhã, par perfeito do pão e do café, o leite possui em cada 200 ml, 116 calorias. O ideal é substituir pelo leite desnatado, que possui para 200 ml, 90 calorias.

8. Chocolate ao leite

Um amor, perfeito, simplesmente acalma a vida de qualquer pessoa, o chocolate é bem perigoso quando o assunto é emagrecer. Isso porque além de ser irresistível, ele possui muitas calorias. A cada 100 g, o danado tem cerca de 535 calorias!

Alguns médicos costumam dizer que quanto mais escuro o chocolate, melhor para a saúde, então recomendam o meio amargo.

Mas os dois engordam da mesma forma, então está com vontade de comer um chocolate? Come um quadradinho apenas, se conseguir! 

9. Refrigerante

Quem não gosta de um refrigerante na hora do almoço? Acho que quase todo mundo!

Mas além de conter normalmente muito sódio, que aumenta a retenção de líquidos e a pressão arterial, o refrigerante possui muitas calorias. Uma lata de 350 ml de coca cola por exemplo, tem 137 calorias.

Nem seria preciso falar mais nada, o refrigerante não tem nenhum valor nutricional, é bom, mas faz mal. 

Então substitua por chá, que além de te ajudar a emagrecer, faz bem para a saúde. Chás com limão, laranja, pepino, entre outros são muito refrescantes.

10. Cerveja

E para finalizar essa pequena lista, como falei do refrigerante, você aí que gosta de uma cervejinha no final de semana, naquele churrasco, também tem que abrir o olho. Uma lata de 350 ml possui 147 calorias.

Dieta sem carboidrato

Uma dieta sem carboidrato, é uma dieta que restringe ao máximo o consumo de alimentos que contém carboidratos.

Apesar de ser quase impossível restringir e eliminar tudo que possui carboidratos, pois além de não ser bom para a saúde, quase todos os alimentos possuem uma quantidade mesmo que baixa de carboidratos.

As dietas sem carboidratos, normalmente são à base de proteínas e gordura boa, promovem uma perda de peso muito rápida e eficaz.

Isso acontece, porque quando se reduz ao máximo o consumo de alimentos ricos em carboidrato, o nosso organismo passa a gastar o estoque que se encontra no nosso corpo em forma de gordura.

Ou seja, o estoque que você possui na barriguinha por exemplo vai sendo gasto como fonte de energia.

Isso porque o corpo entra em cetose, que é um estado metabólico que faz o glicogênio (principal reserva energética das células) do fígado se esgotar.

No estado de cetogenia, o corpo passa a ter como fonte de energia as gorduras e não os açúcares. Por isso a queima de gordura nesse tipo de dieta é vista a curto prazo, dando mais satisfação ao adepto.

Isso faz também com que o corpo produza menos insulina, esta que está associada ao acúmulo de gorduras no nosso corpo.

Sugestão de cardápio para dieta sem carboidratos

Aqui vai uma sugestão de alimentos que podem compor sua refeição no dia a dia. Dá para combinar algumas coisas, mas é claro: Não vale juntar tudo. Se comer tudo de uma vez, vai engordar.

Café da manhã:
  • Omelete com salsinha e presunto;
  • Ovos mexidos;
  • Chá gelado;
  • Café com adoçante;
  • Suco detox
  • Pão integral (depois de 15 dias)
  • Requeijão light (depois de 15 dias)
  • Presunto;
  • 1 a 2 fatias de queijo;
  • Suco de limão, melão, melancia, ou água de limão.

Almoço:
  • Carnes (carne de porco, de vaca, frango, peixes, camarão, caranguejo)
  • Ovos mexidos, cozidos, omelete;
  • Linguiça ou salsicha
  • Salada em geral (folhas);
  • Molho de tomate (preparar você mesmo);
  • Jantar
  • Smoothie de limão, manga, morango (200 ml);
  • 1 a 2 fatias de queijo;
  • Salada com uma proteína leve (frango ou peixe).
  • Evite comer algo pesado no jantar.

No artigo de hoje, vimos os alimentos ricos em carboidratos, que são alimentos presentes no nosso dia a dia. Por isso se torna tão difícil fazer menos uso ou largar completamente esses alimentos, mas com um pouco de determinação e fazendo boas trocas, o caminho se torna mais fácil.

[Crédito da imagem: Mariha-kitchen por iStockPhoto]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *