3 técnicas para perder a barriga rapidamente

3 técnicas para perder a barriga rapidamente

Nesse artigo você aprender três estratégias para acabar com a barriga rápido e se manter em forma por muito mais tempo, para você evitar que o efeito sanfona. A terceira estratégia é incrível, vai realmente ajudar a emagrecer muito rápido.

Essas são as 3 estratégias que vão te ajudar a perder a barriga mais rapidamente

1. Treino Forte

A nossa primeira estratégia então são os treinos fortes. A ciência tem nos mostrado que treinos de intensidade moderada a leve ajudam, mas nem tanto no processo de emagrecimento.

Isso porque alguns fatores fisiológicos e bioquímicos, o treino forte como o treinamento de alta intensidade na corrida, ciclismo, natação, musculação ou até mesmo treinos em casa. Quando você faz um treino em alta intensidade e curta duração treinos rápidos você libera substâncias no seu organismo que vão te auxiliar no processo de emagrecimento.

Isso é algo que o treino moderado e leve não faz. Esse tipo de treino vai gastar um pouco de caloria durante o exercício e não vai liberar a substância nenhuma para te ajudar no processo de emagrecimento e não vai elevar o seu metabolismo.

Deixar o metabolismo sempre alto é uma das coisas mais importante no processo de emagrecimento.

2. Mantenha o hábito

Todo mundo que quer perder alguns quilos extras deve manter o hábito e a constância, tanto do treinamento físico quanto na alimentação.

Você deve criar bons hábitos e manter a constância dos treinamentos. De nada adianta fazer uma semana de treino pesado, se esforçar em uma academia, no parque ou mesmo em casa, e na semana seguinte desanimar, ir em um passeio, viagem e na outra semana volta novamente para o treino.

O treino inconstante não vai te ajudar no processo de emagrecimento ou vai fornecer pouca ajuda. Você tem que manter aí um hábito. Onde quer que você esteja, seja em casa ou viajando, treine, faça a sua atividade física.

A prática de atividade física deve ser um hábito diário. Deve fazer parte da sua vida, do seu cotidiano. Dessa forma fica muito mais fácil você manter a constância nos treinamentos.

3. Low carb

Uma dieta baixa em carboidratos restringe o tipo e a quantidade de carboidratos que você come. Os carboidratos são um tipo de macronutrientes que fornece calorias, encontrado em muitos alimentos e bebidas.

Esses podem ser simples ou complexos. Podem ainda ser classificados como simples refinados (açúcar de mesa), simples naturais (lactose no leite e frutose nas frutas), refinados complexos (farinha branca) e naturais complexos (grãos integrais ou feijões).

As fontes mais comuns de carboidratos naturais são:

  • Legumes
  • Leite
  • Nozes
  • Sementes
  • Grãos
  • Frutas
  • Leguminosas (feijão, lentilha, ervilha)

Alguns fabricantes de alimentos adicionam também carboidratos refinados aos alimentos processados ​​na forma de açúcar ou farinha branca. Exemplos de alimentos que contêm carboidratos refinados são pães e massas brancos, biscoitos, bolos, doces e refrigerantes e bebidas açucaradas.

Os carboidratos são usados pelo seu corpo como principal fonte de combustível. Carboidratos complexos (amidos) são divididos em açúcares simples durante a digestão. Eles são absorvidos pela corrente sanguínea, onde são conhecidos como açúcar no sangue (glicose).

Os carboidratos complexos naturais são digeridos mais lentamente e têm menos efeito no açúcar no sangue. Os carboidratos complexos naturais fornecem massa e servem a outras funções do corpo além do combustível.

Níveis crescentes de açúcar no sangue fazem com que o corpo libere insulina. A insulina ajuda a glicose a entrar nas células do seu corpo. Um pouco de glicose é usado pelo seu corpo para energia, alimentando todas as suas atividades, seja para correr ou simplesmente respirar.

Normalmente, a glicose extra é armazenada no fígado, músculos e outras células para uso posterior ou é convertida em gordura.

A ideia por trás da dieta pobre em carboidratos é que diminuir os carboidratos diminui os níveis de insulina, o que faz com que o corpo queime gordura armazenada para obter energia e, finalmente, leva à perda de peso.

Benefícios da alimentação low carb

A alimentação com pouco carboidrato pode ajudar a prevenir ou melhorar condições graves de saúde, como síndrome metabólica, diabetes, pressão alta e doenças cardiovasculares. De fato, quase qualquer dieta que o ajude a perder peso pode reduzir ou até reverter os fatores de risco para doenças cardiovasculares e diabetes.

A maioria das dietas para perda de peso – não apenas dietas com pouco carboidrato – pode melhorar os níveis de colesterol no sangue ou de açúcar no sangue, pelo menos temporariamente.

Mas fique atento, se você cortar carboidratos repentinamente e maneira drástica, poderá sentir uma série de efeitos temporários à saúde, como dor de cabeça, mal hálito, fraqueza, cãibras musculares, fadiga, erupção cutânea ou obstipação ou diarreia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *